2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Romance sensacional

Vem do México minha nova descoberta de romancista: é Ignacio Padilla, autor de Amphitryon. Primeiro eu vi uma entrevista dele que o Carlos Herculano fez. Achei curiosa a sinopse do livro. Enquanto lia, constatei que estava diante de material de primeiríssima. Amphitryon se passa entre a primeira e a segunda grande guerra e conta a história de um homem que tenta se vingar do homem que trocou de identidade com seu pai, num jogo de xadrez. Numa segunda parte, vamos conhecer o homem que assumiu a identidade daquele primeiro usurpador. Numa terceira, a versão do braço direito desse último. E assim por diante. Num emaranhado de aparências e verdades parciais, repassa um grande trecho da história da Europa antes, durante e depois do nazismo, com a questão do Holocausto como pano de fundo e o xadrez como estrutura de raciocínio. Genial.
E muitos beijos!

Clara Arreguy, quinta-feira, abril 27, 2006.

______________________________________________________