Mais Beatles

Foto: Divulgação

Desculpem, mas o tema é recorrente. É que revi também, em DVD, o filme Help, em que nossos quatro fabulosos vivem uma aventura em torno de um anel amaldiçoado que Ringo ganhou de uma fã e que fanáticos de uma "seita oriental" querem recuperar para dar cabo de um ritual de sacrifício (!). Puro nonsense! Mas divertido, engraçado, com John, Paulo e George à vontade, mas não tanto quanto o baterista baixinho, narigudo e carismático.

O melhor, claro, são as músicas, sete, daquele período (1965) em que o descompromisso deles é patente. Aliás, o compromisso único era com o rock leve, romântico, que despertou a paixão do planeta.


Mais beijos!

Clara Arreguy, terça-feira, fevereiro 23, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

John vivo

Foto: Divulgação

Nas minhas pesquisas em torno dos Beatles (já contei que são o tema do meu próximo romance? Se não, esta é a novidade), acabo de ler a biografia John Lennon - A vida, escrita por Philip Norman (Companhia das Letras). Mais um calhamaço de 800 e tantas páginas, com detalhes de antes, durante e depois do período em que ele, com Paul, George e Ringo, mudou o mundo.

Em que pese um tom levemente anti-Paul e pró-Yoko (o que é natural, já que o autor necessariamente contou com a colaboração dela para narrar os anos em que o casal viveu junto), o livro revela bem a alma do biografado e acompanha o céu e o inferno de sua existência tão torturada.

Em comparação com The Beatles - A biografia, de Bob Spitz (Larousse), que li logo antes, achei que Norman foi um pouco complacente com a passagem em que John e Yoko se viciam em heroína. "Detalhes" como esse não podem aparecer en passant.

No mais, a biografia informa e emociona, como na entrevista final com Sean. Como diz o autor, é claro que uma pesquisa de tal monta possui seus defeitos e os beatlemaníacos vão sempre encontrá-los.


Beijocos!

Clara Arreguy, terça-feira, fevereiro 23, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

Sons da terra e do coração

Foto: Paulo de Araújo

Fomos, no fim de semana, ver o show do Uakti baseado em seu DVD mais recente, comemorativo da carreira, e como nos deliciamos! A preços baratinhos e com o Teatro da Caixa lotado, Paulinho Santos, Décio Ramos e Artur Andrés mostraram tudo de que o grupo instrumental mineiro é capaz. Seja em composições próprias, que bebem na fonte das raízes brasileiras mais populares e ricas, como o samba e o baião, seja em releituras sofisticadas, como as que fazem da obra de Villa-Lobos e Elomar, para citar só dois, os números apresentados percorrem amplo espectro de ritmos e gêneros, dando vez a todo o talento dos músicos e do arranjador e ex-integrante do Uakti, Marco Antônio Guimarães.
O Paulo de Araújo fez lindas fotos.
Após o show, aproveitamos para reouvir alguns dos discos deles, como Oiapok Xuí, a trilha de Ensaio sobre a cegueira, aquele baseado em Philip Glass e o dos clássicos. Tenho ainda a trilha de Lavoura arcaica e as colaborações com o Corpo pra matar as saudades.

Beijos!

Clara Arreguy, terça-feira, fevereiro 23, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

Mudança ligeira

Olá, amigos e leitores,

por uma questão operacional, o endereço do meu blog mudou para http://clara-arreguy.blogspot.com/.

Desculpe o transtorno, mas não deixe de me visitar, ler e fazer seus comentários.

Beijocas!

Clara Arreguy, segunda-feira, fevereiro 22, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

Carnaval ao som dos Beatles

Fim da folia, mas que folia? Passamos quatro dias de descanso em Belo Horizonte, onde o "frenesi de Momo", como definia meu pai, se resume a um ou outro bloquinho de poucas dezenas de foliões escutados ao longe... Carnaval ao som dos Beatles, para não variar (os Fab Four são tema de algo que estou escrevendo, daí a necessidade de dedicar a eles todo o tempo disponível).
Depois de ler a biografia dos quatro, leio agora a do Lennon apenas. E almanaques, reportagens, entrevistas... E ouço os discos deles sem cessar, do conjunto e da carreira solo. Enfim, só coisa boa. Aos poucos vou comentando aqui com vocês.
Enquanto isso, agora que o ano começa pra valer (não pra mim, que já estou no batente há meses), desejo a todos um ano de muitas realizações.

Beijos!

Clara Arreguy, quarta-feira, fevereiro 17, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

Lindos Beatles


Estava com preguiça de encarar "The Beatles - A Biografia" por pura preguiça da grossura do volume. Por dever de ofício, encarei. Pois posso dizer que valeu cada uma das 950 páginas do calhamaço. O trabalho de reportagem que consumiu sete anos da vida de Bob Spitz é um mergulho completo na vida de cada um dos Beatles e em diversos outros personagens que os rodearam, como as mulheres, empresários, outros músicos, amigos etc.

John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr já foram contados e cantados em prosa e verso. Mesmo assim, a grandiosidade da empreitada se justifica e merece todos os elogios. Acompanhamos fatos, relatos, processos, climas, diálogos. Ao final, a sensação é de que as quase mil páginas foram muito pouco. É preciso ler agora as quase 800 de Many years from now, de Paul, as mais de 800, da biografia de John, e seguir adiante, pois assunto, quando se trata dos Beatles, nunca vai mesmo faltar.


Beijos!

Clara Arreguy, segunda-feira, fevereiro 08, 2010. 1 comentário(s).

______________________________________________________

Clint, Mandela, Freeman

Foto: Divulgação

Uma combinação como essa do título não poderia resultar em nada menor que imenso. Assim é a sensação ao assistir a Invictus, o filme em que Clint Eastwood conta um episódio da vida de Nelson Mandela, o primeiro presidente negro da África do Sul, interpretado com maestria por Morgan Freeman. Não fosse por nada, a simples mistura de esporte e política já renderia uma discussão calorosa. Mas o filme - e a história - vão além.

Mandela acabara de se eleger presidente, no ponto crucial da superação do regime do apartheid, quando avizinha-se a Copa do Mundo de rúgbi e o time nacional, composto majoritariamente por brancos (um único jogador negro, de fato) desperta a paixão da torcida branca minoritária e o desprezo da maioria negra. O presidente, fã do esporte, consegue conquistar o time, por intermédio de seu capitão (bom trabalho também de Matt Damon), e envolver, por seu turno, toda a população do país, num exercício de perdão, compreensão, refundação da pátria a partir da negação do passado e da vingança em nome da afirmação de um novo tempo.

Muito muito bom. Trabalhos impecáveis. Clint domina como poucos a arte da narrativa cinematográfica, não escorregando para o dramalhão mas permitindo que as emoções aflorem.

Beijocas!

Clara Arreguy, segunda-feira, fevereiro 08, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

Desemprego e solidão

Foto: Divulgação

Um filme diferente este Amor sem escalas, de Jason Reitman (diretor de Juno e Obrigado por fumar), em que George Clooney faz o papel de um profissional da demissão alheia. O protagonista não só tem o cargo de demitir em massa as pessoas, tentando adoçar o veneno, como faz disso um estilo de vida. Ele não se liga a ninguém, não mora em lugar nenhum, passa a vida voando de lá pra cá, pelo país, acumulando milhas e vivendo encontros casuais. Mas tudo isso está prestes a acabar por causa de uma ideia mais "moderna": a demissão por teleconferência.
O encontro com Natalie, a moça que idealizou o novo método (Anna Kendrick) e com Alex (Vera Farmiga), uma versão dele mesmo (só que "com vagina", como ela se define), altera seus antigos postulados, fazendo-o rever o estilo de vida frio e solitário que adotara como meio de se proteger da vida.
Embora recorra até a entrevistas "reais", com não atores, o filme é sutil, sem obviedades, inteligente, dá seu recado em tempos de crise global sem fazer discurso. E tem desempenhos bem convincentes, principalmente do trio central. Ótimo.

Beijos!

Clara Arreguy, sexta-feira, fevereiro 05, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

Homenagem aos fotógrafos




Num gesto generoso e na contramão da postura usual, o jornalista Bernardino Furtado celebrou seus 20 anos de reportagem com a publicação de um livro e uma exposição com o trabalho de fotógrafos que o acompanharam nesse período. São 20 fotógrafos do mais alto nível, de várias partes do país, inclusive o meu companheiro Paulo de Araújo, que comparece com imagens feitas durante matérias dos dois com os xavantes, no Mato Grosso, e sobre a transposição do Rio São Francisco.

O livro e a exposição se chamam Cumplicidade, mesmo nome do site que Bernardino mantém sobre o projeto e no qual se podem ver mais fotos. A abertura da exposição e o lançamento do livro foram na quinta passada, em Belo Horizonte, onde nos confraternizamos com várias gerações do jornalismo de qualidade.

O livro é sensacional, por conter imagens do Brasil e de brasileiros como pouco se vê na mídia. Gente normal, pobre, de cada rincão. Não há reportagens, apenas textos curtos e significativos sobre os "cúmplices", mas o elogio à beleza do nosso povo e do nosso país, bem como o caráter de denúncia social, estão presentes em cada página.

Acima, o convite da exposição, que após BH poderá ser vista em São Paulo. E uma foto do Paulo com o Bernardino, feita por uma profissional contratada pela produção do evento.
Aqui, o link pro site, onde há mais fotos e mais detalhes: http://www.cumplicidade.org/.
Beijos!

Clara Arreguy, segunda-feira, fevereiro 01, 2010. 0 comentário(s).

______________________________________________________

arquivos:
fev/06 . mar/06 . abr/06 . mai/06 . jun/06 . jul/06 . ago/06 . set/06 . out/06 . nov/06 . dez/06 . jan/07 . fev/07 . mar/07 . abr/07 . mai/07 . jun/07 . jul/07 . ago/07 . set/07 . out/07 . nov/07 . dez/07 . jan/08 . fev/08 . mar/08 . abr/08 . mai/08 . jun/08 . jul/08 . ago/08 . set/08 . out/08 . nov/08 . dez/08 . jan/09 . fev/09 . mar/09 . abr/09 . mai/09 . jun/09 . jul/09 . ago/09 . set/09 . out/09 . nov/09 . dez/09 . jan/10 . fev/10 . mar/10 . abr/10 . mai/10 . jun/10 . jul/10 . ago/10 . set/10 . out/10 . nov/10 . dez/10 . jan/11 . fev/11 . mar/11 . abr/11 . mai/11 . ago/11 . set/11 . out/11 . nov/11 . dez/11 . jan/12 . fev/12 . mar/12 . abr/12 . mai/12 . jun/12 . jul/12 . ago/12 . set/12 . out/12 . nov/12 . dez/12 . jan/13 . fev/13 . mar/13 . abr/13 . mai/13 . jun/13 . jul/13 . ago/13 . set/13 . out/13 . nov/13 . dez/13 . jan/14 . fev/14 . mar/14 . abr/14 . mai/14 . jun/14 . jul/14 . ago/14 . set/14 . out/14 . dez/14 . jan/15 . fev/15 . mar/15 . abr/15 . mai/15 . jun/15 . jul/15 . ago/15 . set/15 . out/15 . nov/15 . dez/15 . jan/16 . fev/16 . mar/16 . abr/16 . jun/16 . jul/16 . out/16 . nov/16 . dez/16 . jan/17 . mar/17