2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Tropa de elite

Até por dever de ofício, não pude resistir à tentação de assistir à cópia pirata do filme que virou sensação da temporada, Tropa de elite. E constatei a importância da produção que mexe tanto com o sistema repressivo quanto com a ponta escondida do problema da violência e do narcotráfico, o consumo de drogas entre a classe média. José Padilha, baseado no livro Elite da tropa, põe o dedo na ferida: contrapõe à ação policial não apenas o traficante dos morros cariocas, mas também os estudantes que fumam maconha no intervalo da aula e vão para a passeata pela paz, sem noção de que são a terceira ponta de um triângulo que não funciona sem eles. Os personagens de dois aspirantes a agentes do Bope, o batalhão de operações especiais da polícia carioca, e do capitão que prepara seu sucessor, são muito bem desenhados, com substancial ajuda dos atores - Wagner Moura, no auge de sua carreira, Caio Junqueira e André Ramiro.

Beijos!

Clara Arreguy, segunda-feira, outubro 01, 2007.

______________________________________________________