2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Rosa em quadrinhos

O roteirista mineiro Wellington Srbek e o desenhista carioca Flávio Colin (já morto) fizeram, no final dos anos 1990, a revista Estórias gerais, uma HQ inspirada no universo de Guimarães Rosa que é um primor de roteiro e desenhos. O belo trabalho foi reeditado ano passado pela Conrad, que revaloriza um clássico do formato. São várias histórias que entrelaçam jagunços, coronéis, donzelas violentadas, pobres injustiçados e onças pintadas num ambiente de sertão - assim como os homens - inclemente. Os autores confessam a inspiração não apenas em Rosa, mas também em Suassuna, Dias Gomes, João Cabral etc. É patente a leitura que há por trás de histórias ricas, em que a linguagem do sertanejo mineiro ganha cores e tons épicos. Imperdível!

Beijocas!

Clara Arreguy, terça-feira, março 18, 2008.

______________________________________________________