2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Encontro marcante

O disco com o encontro entre Simone e Zélia Duncan é de rara felicidade. Não apenas pelas belas vozes das duas cantoras, de gerações diferentes, mas principalmente pela sensibilidade delas, que souberam pescar pérolas num repertório de vários autores e épocas e arranjos à altura das músicas. Há desde a recuperação de faixas das Frenéticas e de Gonzaguinha, dos anos 70 e 80, até raridades que há muito não se ouviam. Lembram-se de Meu ego, que Erasmo e Nara cantavam? Ou Gatas extraordinárias, de Caetano, mesmo autor de Alguém cantando... Tem também Agito e uso, de Ângela Ro Ro, e muita beleza mais. Um disco prazeroso de ouvir.

Beijos!

Clara Arreguy, segunda-feira, maio 26, 2008.

______________________________________________________