2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Forte desenho

O filme Valsa com Bashir, de Ari Folman, é uma adaptação da graphic novel também dele. O enredo fala do massacre de dois campos de refugiados palestinos no Líbano, nos anos 80. Folman era soldado, um rapazinho, na operação em que o exército israelense deu cobertura à milícia falangista cristã para exterminar a população civil dos campos. Ele mesmo não se lembrava bem do episódio, até que um amigo começa a ter pesadelos e ele, intrigado, passa a entrevistar outros ex-companheiros para recordar dos fatos. É um filme forte, pesado, verdadeiro, que mexe com a consciência e, sem julgar, revela uma triste passagem da história recente. Tudo em desenhos incríveis, cores impressionantes e trilha sonora que dialoga com as situações.

Beijocas!

Clara Arreguy, segunda-feira, abril 27, 2009.

______________________________________________________