2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






História presente

Acabo de ler o livro Acredite, um espírito baixou em mim - Uma trajetória de sucesso, do jornalista, professor, dramaturgo, ator e diretor Jefferson da Fonseca Coutinho, sobre o espetáculo mais bem-sucedido da história do teatro mineiro e um dos de maior público em todo o país. A peça, montagem da Cangaral, de Ílvio Amaral e Maurício Canguçu, já está em cartaz há 11 anos (eram 10 quando o livro foi finalizado) e arrebatou mais de 1 milhão de espectadores. O livro narra o percurso dos artistas e de toda a equipe envolvida, com as dificuldades e lances de sorte que marcaram os fatos. Além da peça, o grupo produz diversas comédias para o teatro e fez um filme, igualmente sobre o Espírito, que não chegou a estourar, mas foi bem assistido em Belo Horizonte. Os dois atores e produtores também encarnaram seus personagens na televisão, no humorístico A praça é nossa.

Beijins!

Clara Arreguy, sábado, julho 25, 2009.

______________________________________________________