2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Um adorável comunista

Deliciosa a biografia de Fritz Teixeira de Salles escrita pelo Paulinho Assunção para a coleção Beagá Perfis, da Conceito. O biografado era figura querida na boêmia belo-horizontina desde que me entendo por gente. Meu pai era seu fã dos tempos da Gruta Metrópole. Fritz era poeta e comunista, havia sido perseguido nos tempos dos regimes ditatoriais, escrito livros de ensaios sobre história e volumes de poesia. Mais que tudo, era amigo inteligente e cheio de paixão por tudo: pelo povo, pelo país, pelas letras, pelas pessoas, pela polêmica. Trabalhou em importantes projetos, como o patrimônio histórico e a UnB na época de sua criação por Darcy Ribeiro.
Poeta e jornalista da mais alta estirpe, Paulinho Assunção não faz por menos e traça um perfil amoroso de Fritz com um texto brilhante, que prende da primeira à ultima linha e não deixa de trazer importantes informações sobre alguns períodos chaves da história de Minas e do Brasil.

Beijocas!

Clara Arreguy, domingo, agosto 16, 2009.

______________________________________________________