2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Os vencedores do Festival de Brasília

A lista completa está no www.correiobraziliense.com.br, mas não consegui postar aqui o link direto da matéria sobre os vencedores. Como disse, são inúmeros. Algumas surpresas: Transeunte, de Eryk Rocha, ganhou o prêmio da crítica mas, no júri oficial, ficou somente com o Candango de melhor ator para Fernando Bezerra e melhor som.
O céu sobre os ombros levou os principais troféus, inclusive de melhor filme, prêmio especial, direção (Sérgio Borges), roteiro e montagem. O outro mineiro em competição, Os residentes, de Tiago Mata Machado, conquistou os Candangos de melhor atriz e atriz coadjuvante, fotografia e trilha sonora. A alegria, de Felipe Bragança e Marina Meliande (RJ), ficou com ator coajuvante e direção de arte.

Bom, é isso. Foi bom acompanhar tudo, mesmo sem a obrigação de quando eu era jornalista de jornal. Mas o uso do cachimbo entortou minha boca e, mais uma vez, vim cá comentar com vocês o que vi.

Beijos e obrigada pela companhia!

Clara Arreguy, terça-feira, novembro 30, 2010.

______________________________________________________

Comments:
Clarinha, arrasou em mais uma cobertura!

beijos e até breve!

Maíra
 
Muito boa sua cobertura.
Agora, quero ver os filmes.
Beijo,
Terezinha Pereira
 
Postar um comentário