2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Policial é sempre bom

Mas quando é bom mesmo, é ainda melhor... Digo isso porque eu, Goia e Clarice estamos sempre trocando figurinhas de literatura policial, e o mais recente que eles me emprestaram foi O enigmista, de Ian Rankin (Companhia das Letras). Que trama envolvente!

O desaparecimento de uma moça rica de Edimburgo é o pretexto para uma investigação que mobiliza toda a polícia da região, a começar de um agente decadente, beberrão, mas de intuição especial. Juntam=se a ele jovens de tendências opostas - de uma que se parece com ele a outros, menos idealistas e mais ambiciosos - e outros colaboradores de várias áreas.

Com narrativa clássica do gênero, o premiado autor escocês brinda o leitor com uma história cheia de reviravoltas e de personagens fascinantes, numa leitura de tirar o fôlego.

E beijos!

Clara Arreguy, sábado, agosto 06, 2011.

______________________________________________________