2018: jan . fev . abr . mai

2017: jan . mar . abr . jun . ago . set . nov . dez

2016: jan . fev . mar . abr . jun . jul . out . nov . dez

2015: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2014: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . dez

2013: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2012: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2011: jan . fev . mar . abr . mai . ago . set . out . nov . dez

2010: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2009: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2008: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2007: jan . fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez

2006: fev . mar . abr . mai . jun . jul . ago . set . out . nov . dez






Os nórdicos, sempre eles

E pra não perder o costume de um romance policial entre uma coisa e outra, e pra não perder a veia dos nórdicos que dominam pelo menos a minha leitura, terminei O Segredo do Lago, do islandês Arnaldur Indridason. Já comentei o autor aqui. É daqueles ótimos, em que a trama mescla crime, história e política. Neste caso, um corpo que aparece com o esvaziamento de uma lagoa e que remete à Guerra Fria, à espionagem entre países da esfera capitalista e os da esfera soviética, em particular a Alemanha Oriental, onde boa parte da trama se desenvolve.

O protagonista é conhecido dos leitores de Indridason, o policial Erlendur, atormentado pelo passado, pelo presente e pelo futuro. Quando criança, viu seu irmão desaparecer na neve. Adulto, largou mulher e filhos. Hoje, sua filha é viciada em drogas, clama por socorro nas situações-limite, e ele não sabe o que e como dar a ela. Ainda por cima, ele está numa quase relação com uma mulher casada que lhe desperta afetos adormecidos.

Ô trem bom que é ler um bom policial, bem escrito, bem tramado, fluente e no qual se aprende sobre realidades tão distantes da nossa!

Beijocas, pois!

Clara Arreguy, terça-feira, dezembro 03, 2013.

______________________________________________________

Comments:
Prima, também adoro romances policiais! Já faz tempo que quero uma boa indicação, pois fiquei órfã com o falecimento do Stieg Larssen (sou fã da trilogia Millennium!). Vou procurar este autor e depois te conto o que achei. Bjocas, Lu Amado
 
PS:. Ops, errei a escrita do nome, leia-se Stieg Larsson.
;-)
 
Hei, Clara, tb adiro policiais, mas quase nunca os leio, pq bons são difíceis de encontrar. Vou correndo procurar O Segredo do Lago!
 
Desculpe o atraso no comentário, Sérgio, um grande abraço pra vc e feliz 2014!
 
Postar um comentário